domingo, 11 de janeiro de 2015

Os Maiores Vilões dos Games de Todos os Tempos

Os 10 Maiores




Os Maiores Vilões dos Games de Todos os Tempos


Sim amigo do Geralidade, aqui você pode ler a série completa dos maiores vilões da história dos games em sua totalidade, sem ficar pulando de post em post... Nada como um blogueiro gente fina que pensa nos seus leitores né? Enjoy galera...


Ahn tá loco meu... Tava lendo uns dias atrás a lista organizada pela IGN, respeitado portal de games norte-americano, dos 100 maiores vilões dos games de todos os tempos e não pude deixar de largar um post semelhante aqui, afinal de contas... Em que lugar do mundo Alma ficaria atrás da Carmen Sandiego? E nem é só atrás... São ONZE posições atrás... This is madness...

Para aqueles de vocês que queiram ler a loucura toda tá aqui o link, para os que não tem tanta paciência, vou mostrar mais algumas das aberrações abaixo...

Carmen Sandiego na 62ª posição... Essa personagem cretina tinha um desenho escroto, e ainda bancou o Wally de saia se escondendo pelo mundo afora em um game do mesmo nível...

Tank, do game Left 4 Dead em 51º lugar... Tá bom, tá bom, o game é ótimo, concordo... Mas nomear um npczin de meia tigela como grande vilão... Asf...

Equipe Rocket dos games Pokémon em 50º lugar... Prefiro nem comentar...

Mas os absurdos não são esses patetas aí da 50ª posição pra cima, o problema é os vira-latas que ficaram de 20º pra baixo só por estarem em games lendários... Prefiro nem mencionar... Basta olhar no banner do negócio...

De qualquer forma, resolvi montar uma lista dos melhores vilões dos games conforme a minha opinião... Vilões sérios, você não verá aqui gente que sequestrou a princesa, roubou seu estoque de bananas ou qualquer outro cha-la-la... Então não espere ver o rei Koopa, Dr. Robotnik ou Protoman...






Selecionei os indivíduos dessa lista pela maior atrocidade já cometida... E aposto que vão concordar comigo, senão na ordem, ao menos na entrada desses vilões na lista.

E o 19º maior vilão dos games éééééé...

Darth Vader, pela série de games no universo de Star Wars.

Francamente, nosso lorde Vader só entrou na lista pelos dois games da série The Force Unleashed, onde assassinou um dos jedis sobreviventes à diretriz 66 e tomou seu filho como aprendiz do lado negro da força, depois, quando já havia treinado o muleque, o assassinou a sangue frio com um golpe de sabre de luz e o lançou ao espaço...

Não fosse por esse moleque, a aliança rebelde não teria nascido, e o lorde Vader não teria entrado nessa lista... Ahn, achou ruim, ele tava em 25º na lista da IGN...

Nosso 18º vilão é um simples peão em um esquema muito maior.

Saren Arterius, do primeiro Mass Effect.

Um espião, assecla dos Reapers, seres que de "tantos em tantos" anos voltam ao nosso universo para exterminar toda vida orgânica e recuperar suas energias. Logo no início do game ele revela a que vem, ao executar seu "amigo" com um disparo de laser na nuca, dali pra frente ele está sempre um ou dois passos a frente de Shepard.

Na verdade Saren não é efetivamente mau, por ter passado muito tempo dentro de Sovereign, um Reaper que na verdade tem a forma de uma nave espacial gigantesca com características insetóide, Saren sofreu lavagem cerebral, e após esta, busca de todas as formas trazer os Reapers de volta e com isso provar o valor da vida orgânica.

Mas como boas intenções não levam ninguém ao céu, Saren vai é pros quintos dos infernos, depois de ter assassinado, torturado e feito experiências científicas nas mais variadas raças alienígenas.

Que tal?
Sim, o herói é aquela ramela entre os dedos de Cronos...

Uma das coisas que mais me irritou quanto a lista da IGN foi a falta de alguns vilões bastante complexos na lista, como por exemplo, nosso 17º maior vilão de todos os tempos. (que não é o Cronos, hehe)

Chacal, do game Far Cry 2.

A sua missão no game Far Cry 2 é muito simples, assassinar o homem conhecido como Chacal, um perigoso traficante de armas que fornece seus "produtos" para duas facções que encontram-se em guerra pelo poder de um paiseco qualquer...

Tudo bem, é apenas um homem, basta descobrir onde ele está e... Não... Aqui não, logo início você pega malária, e num acesso de febre, desmaia... Quando acorda, o alvo se encontra na sua frente, com o seu caderno de anotações (onde estava o "contrato" pela cabeça do Chacal) e sua pistola... Mal começou e já falhou heim...

O problema é que o Chacal é um cara enigmático, ele te deixa viver, para contar aos teus empregadores que falhou... E nas outras situações que encontramos ele durante o game, só ficamos mais em dúvida ainda quanto as reais intenções do cara... O final do game é simplesmente surpreendente, e tudo o que sabíamos sobre o Chacal cai por terra...

E pensar que esse cara nem estava na lista...

Já esse próximo rapaz nem entrou na lista por suas maldades ou outra coisa do tipo... Ele garantiu seu lugar por ser uma das batalhas mais épicas de todos os tempos.

Em 16º lugar, Cronos, o titã de God of War 3.

Ele é o líder dos titãs, não a banda, o grupo de deuses que vieram antes dos deuses...
Ele é gigante, mas assim, MUITO gigante. Caso você não tenha me entendido, ele é tão gigante que carrega o Templo de Pandora nas costas, uma fase INTEIRA do primeiro game...
Aviso que o vídeo é meio violento, então se for meio fraco de estômago, não assista.

Para quem não sabe, Kratos, personagem principal do game, só conseguiu se dar bem nessa por ser filho de Zeus, ou seja, O cara... Ahn, Cronos ficou em 84º lugar na lista da IGN...

Qual outro game te dá a oportunidade de encher de "estripar" um ser dessa magnitude? Confesso que só passei a respeitar a série God of War nesse episódio e basicamente por essa batalha...

Em 15º lugar estááááá...

Cyberdemon, da série Doom

A série Doom, desde sempre, foi um flerte entre o terror e a ação... Muito antes de Dead Space tocar o terror no seu Video Game ou PC, era Doom quem ditava as regras em termos de demônios se arrastando pelos corredores, enquanto urravam diabolicamente... E não podia ser diferente, apesar de não ter uma história propriamente dita nos primeiros episódios, sabe-se, principalmente pelo terceiro game, que cientistas, ou escavadores, abriram um portal para o inferno e deu m3r0@ (que dúvida né? Esperavam outra coisa?)

Agora, dentre todos os monstros, o "mais poderoso guerreiro do inferno", segundo o Cubo Alma, artefato do terceiro game, é de longe o que se sobressai.

Esse bebê está aqui por ser a personificação do Diabo na série de tiro em primeira pessoa, Doom. O cara é gigante, tem arma no lugar de um antebraço, chifres, uma perna cibernética e nada mais nada menos que 4000 de HP no primeiro game da série... Nem mesmo a poderosa BFG é capaz de derrubá-lo com apenas um tiro...

No manual do primeiro game topamos com a descrição da criatura como "Um arranhacéus lançador de mísseis com pernas de cabra"... Se isso por si só já não é negócio pra colocar esse tetéia na lista... Atente para o seguinte.

No terceiro game da série, nenhuma arma causa dano no bicho, a não ser o Cubo Alma, que só pode ser recarregado matando outras bestas... E mesmo assim, são necessários 4 disparos desse troço pra matar o boneco... Ahn, tava em 69º lugar na lista da IGN...

E em 14º lugar, Oficial Frank Tenpenny...

Isso mesmo, um humano a frente do "mais poderoso guerreiro do inferno", estranho né? Quem já jogou esse game e acompanhou a história de Carl Johnson sabe que não.

O nosso "amigo da vizinhança" não apenas é um tira corrupto fdp, ainda é uma baita má influência, pois qualquer outro policial que venha a trabalhar com ele é "convertido" e passa a ser sujo também, ou simplesmente é executado.

Tenpenny foi processado por diversos crimes, e em todas as vezes, a testemunha era assassinada ou sumia, algo que lá pelo final do game descobrimos ser trabalho de CJ, o personagem principal da trama, em um dos diversos serviços sujos encomendados por Frank.
Tenha um breve vislumbre desse "pêssego" que é o Oficial Tenpenny...

No jogo não é abertamente assumido, mas Tenpenny pode ter tido relação com o assassinato de Beverly Johnson, mãe de CJ, uma vez que é associado da gangue Ballas, a maior e mais poderosa gangue de Los Santos.

Não bastasse tudo isso, o fdp hipócrita ainda acha que tá fazendo uma grande coisa, por diversas vezes durante o game ele diz estar fazendo o mau por um bem maior, ou coisas do tipo, como quando facilita a entrada de drogas na cidade e o acesso a estas pelas gangues para que estas "acabem umas com as outras"... Pura hipocrisia, pois ele recebe é grana de todo lado...

Mais uma razão pra ele estar aqui? O trabalho de dublagem do personagem foi feito por Samuel L. Jackson...

O nosso 13º maior vilão de todos os tempos...

Nemesis

Ok, lá estava você correndo de alguns zumbis meio tansos... 3º Residente Evil... Jill tá de saia né? Aham... E então... STAAAAAARS... Mano, jamais vou esquecer da primeira vez que ouvi aquele urro, sem contar naquele monstro de 2m e tanto de altura com cada braço que parecia uma árvore vindo correndo na nossa direção...

Cada vez que você ouve voz rouca clamando pelo nome da sua unidade no game, acaba se sentindo meio que na água com um enorme tubarão branco... É uma força tão superior a sua que chega a ser um absurdo, ele atravessa portas, paredes, e você tem de "matá-lo" várias vezes ao longo do game...

Esse cara foi produzido pela Umbrela, como um BOW (Biological Organic Weapon, arma biológica) para trabalhos de busca-e-destruição... Nada melhor que testar na força de elite local, certo? Errado, eles não contavam que a lindona da Jill Valentine desse tanto trabalho pro gigante. Mas se tu ratiasse... Até mesmo ela ia pro saco...

Além de tudo isso, podemos ver Nemesis no cinema também... E como eu queria que o próprio Nemesis visse a fiasqueira que fizeram com ele, mas, acho que é nisso que dá levar uma franquia com dezenas de horas de conteúdo, livros, quadrinhos e o escambau a quatro pra duas ou três horas de filme, com um diretor meia boca...

O cara ainda tem uma musica tema animal, curte...

Definitivamente, um dos vilões que merecem estar nessa lista... Estava em 59º lugar na lista da IGN...

E o próximo da nossa lista é ninguém mais ninguém menos que o ex-comandante da S.T.A.R.S., o esquadrão das forças especiais de Racoon City, encarregado do centro de pesquisas da Mansão Spencer e espião da Umbrela...

Albert Wesker

Em primeiro lugar, uma explicação.
Esse cara só ficou em 12º lugar pelo início da sua carreira "vilanistica"... Onde era assim...
Santo deus da canastrice...

Esse cara prova que vilão bom, é vilão traira... O desgranido levou seus amigos à "Death-trap" que era a mansão Spencer, laboratório nos arredores de Racoon City... Mas isso foi passar a margarina no pão, pessoal...
O tempo fez bem ao rapaz né...

Nascido da união de pais com genes superiores, Albert participou do programa Wesker, que visava criar uma raça superior, ele, assim como outras crianças, recebeu o sobrenome Wesker justamente pelo programa, e não por seus pais.

O cara era um gênio da ciência, um ótimo soldado e após ter seu peito perfurado pela enorme garra de um Tyrant (BOW da Umbrella, BOW significa arma biológica), acabou injetando em si mesmo um composto diferenciado do vírus T... Algo que lhe deu força, resistência e agilidade sobre-humanas... Imagina a encrenca que é cair na porrada com ele...

Curiosamente, foi o único personagem em toda cine-série Resident Evil que foi respeitado, e muito bem representado por Shawn Roberts, cujas fuças eu nunca tinha ouvido falar, mas que agora simplesmente É o Wesker, na minha opinião... Ficou realmente perfeito no papel...

O nosso 12º colocado na lista dos melhores vilões ainda participa de algumas das melhores cenas de luta em computação gráfica da história dos games...

E o plano que fez Wesker ser realmente entrar pra essa lista é o de lançar o vírus Uroburos na atmosfera da terra para infectar a maior parte da população mundial... Fdp...

E na 11ª posição na nossa lista dos mais desgraçados dos games estáááá...

Vamp

Nascido na Romênia, Vamp perdeu toda sua familia quando a igreja onde estavam foi atacada em um bombardeio militar... Neste incidente, Vamp sofre a perfuração de seu tórax por um crucifixo e fica soterrado sob os escombros sobrevivendo se alimentando do sangue da sua família...

O nick "Vamp" é comumente conhecido como se fosse pelas características vampíricas do mesmo, mas na verdade é pelo personagem ser bisexual, Snake em determinado ponto da série inclusive aponta que Vamp manteve um caso com o Comandante Scott Dolph, pai de uma das melhores vilãs da série, a belíssima Fortune.

Vamp também manteve uma relação muito próxima com Fortune, sem cunho sexual, mas quase de pai e filha.

Opções sexuais a parte, Vamp tem agilidade e força sobrehumanas e, através de nanomáquinas implantadas pela Dra. Naomi Hunter, é virtualmente imortal. O que faz com que seja um dos vilões mais duros na queda da nossa lista.
Outro ponto bastante importante na minha avaliação deste persona como 11º lugar da nossa lista é o nível da dublagem que ele recebeu. Phil LaMarr literalmente destruiu no papel do "vampiro".
Como podem ver pelos vídeos, Vamp é um dos membros da Dead Cell, equipe "terrorista" do game Metal Gear Solid 2 Sons of Liberty... Se você gosta de espionagem abertamente ficcional, com certeza deve jogar este game...

E na 10ª colocação temos outro vilão da série Metal Gear Solid... Só que desta vez, do primeiro game...

Psycho Mantis

Nascido na antiga União Soviética, em um pequeno vilarejo. Mantis perdeu sua mãe e pai durante o parto... Sua mãe faleceu, e seu pai guardou ódio do moleque para sempre por isso... Mas mesmo jovem, Mantis já tinha poderes telepáticos absurdamente altos, e um dia, por engano, leu a mente de seu pai...

Tendo descoberto todo o rancor de seu pai, e misturando isso ao medo que seu pai viesse a lhe matar, Mantis explodiu seus poderes incendiando todo o vilarejo, matando todas as pessoas, incluindo seu pai... E lhe deixando com diversas cicatrizes pelo corpo.

Mantis passou pelas principais agências de inteligência das duas super-potências originais, KGB e CIA, e com o tempo foi desenvolvendo suas habilidades ao ponto de poder controlar pessoas como marionetes. Mas vindo na contramão, Mantis passou a usar uma máscara de gás em tempo integral para que os pensamentos de outras pessoas não fossem pegos por ele ao léu, e também para esconder sua horrenda face...

No duelo contra Snake, em Shadow Moses, Mantis primeiro controlava a parceira de Snake na aventura, Marryl contra o herói. Quando Marryl era nocauteada, aí sim, éramos surpreendidos novamente... Como forma de leitura mental, Mantis "lia" seu cartão de memória...

Caso houvessem saves de Castlevania ou outros games da Konami, Mantis falava algo a respeito, como: "- Do you like Castlevania". Ou dizia quantas vezes você havia salvo o jogo até então... Mas o melhor era quando a tela da tv parecia desligar... Jogadores do mundo afora tiveram um belo momento WTF com esse carinha...

Não bastasse tudo isso, o desgraçado ainda voltou no quarto game da série como fantasma... É mole?

Temos uma surpresa aqui amigos, o 9º, 8º e 7º lugares são ocupados por um grupo, sei que isso parece canastrice... Mas vamos ver se ainda pensam assim depois de ver os próximos vilões...

Raças alienígenas... Covenant / Flood / Geth / Reapers

Parafraseando o que os caras da IGN falaram quando descreveram a Covenant na sua lista... O que é pior que uma raça alienígena fanática religiosa que quer acabar com a humanidade? Sete raças alienígenas fanáticas religiosas que querem acabar com a humanidade!
Os Brutes, apenas uma das raças da Covenant...

Descritos em diversos games, livros, animações, quadrinhos e tudo mais o que a Bungie conseguiu lucrar com a franquia (Halo) como a união de sete raças alienígenas unidas sob o estandarte da religião... E os Profetas desta "aliança" viram nos Halos a oportunidade de se tornarem "deuses" numa simples falha de tradução do idioma dos Forerunners. A tradução era meio que "Não aperte o botão vermelho! Este foi desenvolvido para acabar com toda vida consciente do universo, e assim, matar os Flood de fome"... A tradução dos Profetas foi "Apertem o botão vermelho e virem deuses"... Quase nada de erro né?

A forma de destruição da vida ciente do universo seria pela auto-destruição dos 7 Halos construídos pelos Forerunners, cada um deles teria capacidade de destruição de 25.000 anos luz, mas como um acionaria o outro... Toda vida ciente da galáxia iria (desculpem o trocadilho) pro espaço...

Os Flood são parasitas de toda vida orgânica, se alimentam desta enquanto usam seus corpos... Se os Covenants são os antagonistas da raça humana, os Flood o flagelo do universo. A primeira vista não passam de uma raça de parasitas descerebrados... Ledo engano... Somos apresentados no segundo game da série à "um" Gravemind... O cérebro por trás dos vermes.
Um humano "possuído" pelos Flood...

E tamanha é a inteligência desse monstro que ele conseguiu, através da lógica (e 43 anos de papo), enganar a inteligência artificial mais avançada dos Forerunners (raça que criou os Halos e durante a limpeza do universo proporcionada por estes foi pro saco), o Mendicant Bias, para que este seguisse seus planos, não apenas de de não acionar os Halos, como destruir os Forerunners...

Outro exemplo de raça desgraçadamente vilanística, são os Geth, da série Mass Effect. Criados pelos Quarians (outra raça da mitologia de Mass Effect) para trabalho braçal e segurança, os Geth criaram consciência da sua existência e passaram a questionar seus mestres... Temendo uma rebelião, os Quarians tentaram eliminar suas crias... Sem qualquer sucesso, foram reduzidos a uma civilização de nomades, só pra se ter uma idéia do poder dos Geths.
As diversas formas dos Geth

O mais perigoso do grupo em questão, e digo grupo, pois os que aponto como vilões aqui são uma "ala" radical religiosa (como diabos vocês da Bioware vieram com essa, parabéns mais uma vez) dentro da raça Geth. Este grupo específico idolatra os Reapers como deidades e fazem de tudo para trazê-los da dimensão onde descansam, sem problema, se não fosse pelo fato dos Reapers exterminarem toda a vida orgânica quando vem à essa dimensão né...

Os Geth tem consciência coletiva, e muito pior, a resistência e fria lógica tradicionais dos robôs... Mas, no fundo, são muito diferentes dos robôs, como aprendemos no segundo game...
"We are Legion. For we are many"

Somos apresentados no segundo game a um Geth diferente, e este não tem um nome próprio, já que todos são um, e um é todos... Seguindo nessa lógica, a EDI, inteligência artificial da Normandy sugere que o nome seja Legion, e cita a passagem bíblica "We are Legion. For we are many" frase tão foderosa que me recuso a traduzir. Tanto que o Geth achou a metáfora adequada e adotou como seu nome...

Mas as maiores ameaças a vida no universo são os Reapers... Estão muito acima dos Flood simplesmente por não haver esperança de derrotá-los, enquanto os Forerunners conseguiram criar os Halos como sistema de contenção.
No terceiro episódio da novela espacial, os Reapers levam a batalha para o lado pessoal

A cada 50.000 anos (mais ou menos) começa um ciclo de extinção espacial, sem deixar qualquer rastro das civilizações ou raças anteriores, a não ser os Mass Relays (tipos de portais para viagem rápida entre a galáxia) e a Citadel (gigantesca estação espacial), quem causa essa extinção são os Reapers, e eles tem uma razão para deixar os Mass Relays e a Citadel para trás...

Deixando ambos os pináculos de tecnologia que ELES mesmos criaram milhões de anos atrás, os Reapers conseguem apontar o caminho para evolução tecnológica de qualquer raça do espaço que se aproxime destes, e quando as raças da galáxia evoluem até um certo ponto, a porta é aberta, e do espaço entre as galáxias, os Reapers voltam. Nas palavras de Sovereign. " - Nós impomos ordem ao caos criado pela evolução orgânica. Vocês existem por que nós permitimos. E vocês acabarão por que nós demandamos."

O próprio nome Reaper é uma denominação que os Protheans deram à sua destruição, como dito por Sovereign em Mass Effect. "- Reaper, Um título criado pelos Protheans, para dar voz a destruição deles. No fim, o que eles escolheram nos chamar foi irrelevante. Nós simplesmente... Somos".
Reaper humano... Terror que encontramos ainda em fase de construção no segundo game...

Podemos ver nos diversos trailers de Mass Effect 3 que a batalha chegará a terra, não é preciso dizer que a humanidade provavelmente perderá a guerra se perder o planeta natal...

Então amigos com todas essas raças trabalhando firmemente pelo fim da humanidade, passamos por mais três posições em nossa lista...

Nas próximas duas posições temos...

Liquid Ocelot... Mas como assim... Um cara ocupando duas posições? Senta que lá vem história...

Prepare-se para centenas de spoilers, então, se quiser descobrir tudo na história do game por conta própria, sugiro que pare de ler neste instante.

Revolver Ocelot

Primeira coisa, Ocelot nasceu no campo de batalha durante o Dia D... Sim, aquele dia D! Aí, como se fosse pouco... Ele é filho da The Boss com The Sorrow... A maior espiã do mundo e um telepata incrivelmente poderoso... Tão logo nasceu foi tirado dos pais para ser "criado" pelos Philosophers, uma organização dos 12 homens mais poderosos do mundo.

No início da sua (extensa) carreira militar, Adam, como também era conhecido, desertou para União Soviética, onde atuou sob o comando do Coronel Volgin como comandante da unidade GRU, mas como os Philosophers não brincam em serviço, e não treinam qualquer um... Adam era agente triplo, atuando pela KGB e CIA ao mesmo tempo enquanto estava no comando dos rebeldes de Volgin...

Foi enganado e tapeado de tudo que é jeito pelo Big Boss durante os eventos de Metal Gear Solid 3 Snake Eater, mas também aprendeu o estilo que lhe daria a alcunha Revolver Ocelot, onde recebeu a sugestão do seu inimigo de usar um revolver, devido ao seu estilo de manusear armas...

Na década de 70, Ocelot planejava nada mais nada menos que roubar o legado dos Philosophers, a fortuna que as três super-potências (EUA, União Soviética e China) roubaram durante a segunda guerra mundial, e obter ainda a lista completa com os nomes dos Philosophers, algo de muito maior valor que o primeiro item... Conhecimento é poder em Metal Gear.

Antes que pudesse concretizar seu plano, ele foi contatado pelo Major Zero, responsável direto pela missão Snake Eater, e comandante de campo de Big Boss. Este contato serviu para apresentar a idéia inicial do projeto Les Enfants Terribles, os clones de Big Boss e para convidá-lo a integrar os Patriots, organização que viria a substituir os Philosophers e continuar com o sonho da maior espiã do mundo The Boss, "Make the world whole again".

Parece complicado? É por que é mesmo... E fica melhor ainda com nosso próximo vilão...

Liquid Snake

Uma das "cobras" nascidas do projeto Les Enfants Terribles, Liquid Snake é o irmão gêmeo de Solid Snake, herói da série, e um dos maiores gênios (humanos) dos games... Ao contrário do que foi levado a acreditar pelos Patriots...

Desde o seu nascimento, Liquid foi levado a acreditar que ele recebera os "genes recessivos" de Big Boss, enquanto seu irmão Solid Snake, recebera as principais qualidades de seu "pai". Isso levou Liquid a ter grande ódio, tanto de Big Boss, pois pensava que essa seleção era idéia dele, e de Solid Snake por este ser cientificamente superior.

Com QI de 180, Liquid fala sete idiomas fluentemente, pilota helicópteros, aviões de caça e até mesmo alguns Metal Gears durante a série.

Durante o incidente de Shadow Moses, onde Liquid e a nova formação da Fox Hound tomaram conta da ilha durante o teste de campo do Metal Gear Rex, na época, a versão mais moderna do "equipamento", Liquid derrubou dois aviões de caça (F-16S) usando o helicóptero Hind D fornecido por um grupo de mercenários, o que na minha opinião já garante a entrada do cara na 5ª posição da nossa lista.

Neste evento ainda, Liquid fingiu ser o mentor de Solid, Master Miller, para que, ao invés de desativar o Metal Gear Rex, ele o ativasse... Que garoto esperto né...

Durante o último grande duelo em Shadow Moses, enquanto Snake ainda recobrava a consciência, Liquid dizia que seu maior objetivo era dar um propósito aos soldados do mundo, que continuamente eram usados por (em suas palavras) "políticos hipócritas e suas jogadas políticas"... Após ser derrotado pelo vírus FOXDIE, que foi "transportado" por Snake durante todo o game, Liquid, tendo Solid e Marryl, companheira de Snake durante o momento, na mira, simplesmente cai, morto ao chão...

Como único sobrevivente do incidente de Shadow Moses, Revolver Ocelot se reportou ao presidente dos EUA, George Sears, o terceiro clone de Big Boss, como foi descoberto durante a série, Ocelot era um espião infiltrado na FOX HOUND durante todo o tempo.

Durante essa "apresentação", Ocelot comentou que o clone inferior sobreviveu, entregando assim que Liquid era na verdade aquele com genes superiores o tempo todo. Depois de algum tempo, o corpo de Liquid foi recuperado, e o seu braço foi retirado para ser implantado em Ocelot, que perdeu o seu durante um embate com o Ninja...

Liquid Ocelot

Por mais incrível que possa parecer, a persona de Liquid "possuiu" a mente de Ocelot, ainda nos acontecimentos de Metal Gear Solid 2 Sons of Liberty, lá por 2007, durante o incidente do USS Discovery, que transportava o Metal Gear Ray, dos Marines.
Liquid se fortalecia cada vez mais dentro de Ocelot, e eventualmente tomaria conta do espião dos Patriots, mas como tempo era um luxo que Liquid não tinha, tratou de passar informações sobre o Arsenal Gear e a real situação na Big Shell, pois cada vez que Ocelot se aproximava de Solid, Liquid se aproximava mais e mais do seu objetivo, controle total sobre a psique do espião.

E isso aconteceu, durante os eventos na Big Shell, onde Liquid assumiu o controle e com posse das memórias de Ocelot, iria encontrar os Patriotas. Com posse do Arsenal Gear (um tipo de porta-metal gears submarino) Liquid lançou a imensa máquina de combate contra Manhattan e fugiu, usando seu Metal Gear Ray, para caçar os Patriotas.

Em 2014, Liquid tinha controle da Outer Haven, a organização dos 5 maiores exércitos mercenários do mundo.

Liquid ainda roubou um Metal Gear Arsenal, Outer Haven, onde planejava instalar a Rail Gun do seu Metal Gear Ray, e ainda planejava invadir a inteligência artificial que controla os Patriots, a JD (John Doe), já que tinha sob seu poder a GW, que fora reparada. Mas seu plano foi frustrado por um velho Solid Snake que além de derrotá-lo, lhe passou uma nova versão do vírus FOX DIE.

Após essa derrota em uma conversa com Big Boss, descobrimos que não fora o braço de Liquid que tomou conta da psique de Ocelot, e sim avançadas sessões de hipnotismo, para que o mesmo continuasse com os planos de Liquid, até mesmo seu braço era uma prótese cibernética.

Se você não entendeu horrores de coisas do texto acima, relaxa, os games são complicados mesmo, mas se gosta de uma história de espionagem realmente bem elaborada não perca... Os quatro games da série podem ser encontrados para PS1, 2 e 3...

E em quarto lugar...

A RAÇA HUMANA, aqui representada pela insatisfação de Ryan e a queda de Rapture...

Andrei Rianofski ou... Andrew Ryan
O grande rei da metrópole submarina Rapture, nasceu Andrei Rianofski em uma vila próxima a Minsk, lá ele presenciou a revolução russa, onde o regime mantido pelo Tsar caiu por terra e o partido Bolchevique assumiu as rédeas da situação. Ele apontava isso como uma revolução afundada por parasitas... E "trocar uma mentira pela outra".

Em 1919 ele americanizou seu nome e foi para os EUA pensando ser o lugar ideal para o homem ideal prosperar...

E por algum tempo, Ryan prosperou, adquiriu fortuna e conforto como jamais teria conseguido no regime bolchevique, mas as novas políticas de Roosevelt a favor da população carente eram tidas como "veneno bolchevique" aos olhos de Ryan, segundo Ryan, a pessoa deveria ter o que a pessoa conquistou, e logo essa história de dividir começou a incomodar o gênio.

A exemplo de quando Ryan adquiriu uma enorme área florestal para sua recreação, e entre os diversos grupos de "invejosos" que disseram que a "floresta pertencia a Deus". Estes demandaram que toda área fosse transformada em um grande parque público florestal, quando o Estado tentou nacionalizar o parque, Ryan queimou tudo que havia na sua área até o solo.

Qual foi a solução para Ryan, já que experimentara na carne os dois regimes governamentais dominantes da época? Construir Rapture.
Uma comunidade onde "O artista não temeria o censor, onde o cientista não seria retido por moralidades insignificantes, onde o grande não seria atrasado pelo pequeno"

Uma cidade submarina povoada apenas por gênios das artes, ciências e demais áreas. Tinha tudo para dar certo, e de 1946 a 1958 deu tudo certo mesmo. Rapture crescia, exatamente como Ryan previu. O que ele não previu é que alguém teria que esfregar os toaletes... Mas houve outro para fazer isto por ele, Frank Fontaine.

Se Ryan tinha criado uma sociedade utópica onde não haveriam leis, com exceção de uma (não haveria qualquer contato com a superfície, para evitar a contaminação da sociedade perfeita com os parasitas de fora), Fontaine não tinha qualquer lei, e sua ambição era absurda, logo ele iniciou um esquema de contrabando do que quer que fosse que as pessoas sentissem falta, desde aquela cachacinha básica até uma bíblias...

Isso foi o início da rachadura que literalmente "afundaria" Rapture de uma vez por todas. Uma vez que Ryan não conseguia de forma alguma ligar Fontaine aos crimes de contrabando, começou a ficar frustrado e entrou em guerra direta matando seu arqui-rival... Ou ao menos era o que pensava...

Fontaine forjou sua morte, deu a Ryan o que este queria, e Ryan, pra completar, tentou nacionalizar a empresa Fontaine Futuristics... Isso, foi o golpe de misericórdia na essência da cidade e no objetivo de Ryan...

No baile de máscaras de 1958 para 1959, pouco após Ryan fazer seu pronunciamento dizendo que 59 seria o melhor ano para Rapture, o grupo de separatistas de Atlas, aliado de Fontaine, atacou o baile matando dezenas de civis e iniciando a guerra civil de Rapture... Muito ainda aconteceu em Rapture até o inicio do game, com a queda do avião de Jack... Mas aí começam os spoilers realmente pesados, algo que não quero entregar pra ninguém...

Entram como menções honrosas de humanos fdps...

O presidente dos Estados Unidos no game Metal Gear Solid 3 Snake Eater que entregaram a Boss de bandeja aos soviéticos como forma de reparo ao dano da arma nuclear pela celula ultranacionalista do Coronel Volgin...

Os Nazistas das séries Medal of Honor, Call of Duty, Wolfenstein, Company of Heroes e diversos outros games também não poderiam ficar de fora...

E no terceiro lugar... Aquela menininha que nem pode ser considerada vilã...

ALESSA GILLESPIE

Nem sei direito se essa menina deveria estar na lista, afinal de contas ela só era uma alma atormentada que buscou vingança.

Desde jovem a pequena Alessa tinha poderes sobrenaturais bastante desenvolvidos, junte a isso uma mãe completamente louca que é líder de um culto à um antigo "deus" pagão, a infância e adolescência onde sofria de bully por quase todos seus colegas de escola e a tentativa de sacrifício-humano que sua própria mãe tentou com você... Isso também te deixaria fulo, não? E que tal se você tivesse os poderes para concretizar a sua vingança... Bem, Alessa tinha...

Durante o ritual de sacrifício, onde o "deus" entraria no corpo de Alessa e esta daria a luz a ele... Deu merda e a menina conseguiu separar sua alma em duas, onde uma parte ficaria no seu corpo, aguentando não apenas a dor do ritual que a queimou toda, como a dor de um demônio preso no seu corpo, tentando constantemente mastigar uma saída... Sim, Alessa era uma menina fantástica.

A outra metade foi encarnar no corpo da pequena Cheryl Mason, que fora adotada pelo casal Mason, tratada com muito amor e carinho, Cheryl cresceu uma linda e saudável menina, e estas eram as únicas pessoas que Alessa amava. Por não ter tido qualquer carinho em casa, por parte da sua mãe, ou na escola, pelos seus colegas, com exceção da pequena Claudia, Alessa valorizava ferozmente aqueles que lhe davam carinho...

Desta forma, tentou durante várias vezes evitar que Cheryl visse os horrores da Silent Hill gerada em seus pesadelos, bem como, por diversas vezes ajudou Harry a sair de enrascadas. O problema é que desde a entrada de Harry e Cheryl em Silent Hill, o espírito de Alessa estava completo, e desta forma, era apenas uma questão de tempo até que o Incubus, a visão de Alessa sobre o deus do culto que sua mãe seguia... Aliás, todas as criaturas demoníacas em Fog World ou Other World, mundo da neblina e outro mundo, são visões de temores de Alessa durante sua juventude...
 Mas é aí que entra a coisa, seria Alessa má? Você seria diferente dela, caso tivesse passado pelos horrores que ela passou?

Com essa "vilã" que levanta questões morais, passamos a nossa 2ª maior vilã de todos os tempos

GLaDOS
Ou Genetic Lifeform and Disk Operating System

E então você acorda em uma cela com paredes transparentes e uma voz metálica que parece falar como aquele programinha do windows que fala palavra por palavra, e essa vozinha te apresenta ao Enrichment Center, da Aperture Science Reserch Facility, diz que você terá de passar por alguns testes, mas haverá uma festa e bolo ao final destes...

De inicio isso é bastante estranho né? seria mesmo, senão fosse apenas essa voz que você ouve durante todo o game. um dos pontos mais interessantes de GLaDOS, é um dos itens que a classificou como segunda maior vilã de todos os tempos dos games é o humor extremamente ácido e sombrio dela... Nunca mais esquecerei quando ela me avisou de que a próxima sala de testes envolvia alguns riscos com choques elétricos fatais, e que se tivesse qualquer problema com essa questão, que participasse de um dos seminários da Aperture sobre o tema.

Ou quando lá por 70% do game, quando você realmente descobre as reais intenções dela enquanto se dirige a um incinerador, enquanto GLaDOS tenta lhe acalmar dizendo que o dispositivo de portais não sofrerá qualquer avaria durante o processo.

A batalha contra GLaDOS própriamente dita, no final do game, confesso que me deixava bastante apreensivo, pois como você mataria algo tão marcante quanto a melhor inteligência artificial assassina desde HAL 9000 (ouso dizer que até melhor), do filme 2001 Uma Odisséia no Espaço. todos os meus receios foram sanados novamente pelos bastardos criativos da valve, que já nos brindaram com absurdos como Half Life, Team Fortress e o Portal propriamente dito.

A batalha contra a "maníaca eletrônica" é praticamente uma valsa de seis minutos, onde caminhamos ao redor dela com a máquina de portais ouvindo um monólogo de ameaças, com um contador de tempo e gás neural preenchendo o ambiente, a propósito, esperei até os últimos 15 segundos para finalizar a batalha, e valeu cada segundo. GLaDOS originalmente não estava na minha lista dos maiores vilões, mas a lista da IGN que a colocou em primeiro lugar me intrigou, então finalizei o jogo pra conferir realmente se era tudo isso, e amigos, é tudo isso mesmo.

Como prometi no primeiro post da série, não inclui nenhum dos vilões "Turma do Didi" dos games, então como puderam ver, não tivemos aquela palhaçada que ocorreu na IGN, de colocar o Bowser em segundo colocado, o cara é um misto de dragão com tartaruga que seqüestra princesas, pelo amor de deus...

E no topo da nossa lista de maiores vilões de todos os tempos dos games...

ALMA WADE

Caso muito parecido como de Alessa Gillespie, se não fosse o fato de que Alma passou por bocados muito piores que os Alessa. Ao invés de simplesmente sofrer de bully na escola e ser queimada viva em um ritual para dar a luz a um demônio (sim amigos, existem coisas piores que isso). Alma sofreu de experimentos cientificos, desde os 3 anos (sim, três anos) para testar suas capacidades psíquicas. 

Aos 5 anos de idade, começou a atacar psiquicamente os cientistas da ATC (Armacham Technology Corporation), através de ilusões, mudanças súbitas de humor, pesadelos extremamente realistas e até mesmo incêndio em um dos laboratórios.

Tão logo completou 8 anos, foi isolada em coma induzido e presa na arca, ou Vault, (uma redoma que em muito lembra o sistema de contenção de Akira, no anime de mesmo nome) em uma instalação subterrânea, desta forma conseguiram bloquear suas capacidades psíquicas. Por um tempo.

Aos 15 anos, através de inseminação artificial, Alma deu a luz a dois meninos, parte do projeto Origin de criação de comandantes de batalhões com poderes psíquicos que pudessem controlar clones no campo de batalha, sem estar em situações de risco.

Quando Paxton Fettel, seu segundo filho completou dez anos, Alma causou um evento de sincronização que nada mais é que uma fusão da sua mente com a de Fettel, o resultado foram sete membros da equipe que trabalhavam no complexo Origin.

Então decidiram matá-la cortando sua alimentação e demais administradores de suas funções vitais. Alma demorou 6 dias para realmente morrer. Ainda trancaram a porta e taparam com concreto. E amigos, isso foi o melhor a ter sido feito. 

Mas então, quando uma executiva assume o cargo de CEO da empresa de pesquisas armamentistas que iniciou todo o processo de ferração da jovem Alma, decide reativar o programa, arrebenta as camadas de concreto, abre a porta e manda uma equipe no escuro, onde a adolescênte psíquica-mais-forte-do-mundo-que-foi-abusada-por-muito-tempo-e-com-camada-sobre-camada-de-rancor encontrou um jeito de manter sua consciência viva e seus poderes em máxima capacidade. Adivinha o resultado... A equipe não voltou, nenhuma das equipes enviadas voltaram... E essa ação ainda desencadeou algo muito maior...

Alma conseguiu, através de mais um evento de sincronização com Fettel, passar a sua vontade de vingança. Perfeito, um general psíquico com um batalhão de soldados sob seu controle, louco para soltar Alma...

Algumas coisas aconteceram nesse meio tempo e quem acabou soltando Alma foi ninguém menos que Harlan Wade, seu pai... Apenas para ser liquefeito segundos depois...

Nosso herói fez o que então... Causou uma reação em cadeia nas instalações de Origin que terminou em uma explosão atômica... O que não adiantou de nada, Alma já estava morta...

Pra piorar tudo, Alma engravidou novamente ao final do segundo game e este filho, promete ser o mais poderoso psíquico, até mesmo mais que Alma...

Bem amigos, esta foi a minha lista de maiores vilões de todos os tempos... Ficaram de fora, talvez pela sua ambiguidade como vilões mas que merecem com certeza um crédito os nomes abaixo...

THE BOSS - METAL GEAR SOLID 3 SNAKE EATER
EVE - METAL GEAR SOLID 3 SNAKE EATER
THE SORROW - METAL GEAR SOLID 3 SNAKE EATER
SEPHIROTH - FINAL FANTASY 7
SIN - FINAL FANTASY X
DIABLO - SÉRIE DIABLO
DIMITRI RASCALOV - GTA 4
JOHN HENRY EDEN - FALLOUT 3
IMRAN ZAKHAEV - CALL OF DUTY 4 MODERN WARFARE

Se achas que faltou algum na lista é por que provavelmente faltou... Poxa, com o que já saiu de game bom... Eu não podia lembrar de tudo também né...

 dos Game de Todos os Tempo